Uma visita especial

17-07-2012 13:29

D. Marta era professora da Escola Dominical. Ela queria visitar alguém naquele domingo com seus alunos. D. Marta perguntou às crianças: 

-- Vocês conhecem alguém que possamos visitar hoje à tarde?

-- Eu conheço. Nós podemos visitar a Rute. -- disse Margarete.

Rute era uma menina muito triste. Naquela semana ela havia completado oito anos. Mas o dia do seu aniversário foi tão triste como os demais. Não houve festa. Não houve presentes. Nem alegria. Rute era assim triste porque não podia andar.

Quando Rute era um bebezinho teve paralisia infantil. Seus pais não haviam vacinado o neném. Rute então ficou paralítica. Ela não podia andar. 

Na tarde daquele domingo, quando Rute menos esperava, viu um grupo de crianças e uma moça chegando à sua casa. A mãe de Rute foi logo atender e levou-os até onde estava a menina.

D. Marta disse a Rute:

-- Margarete nos disse que você havia feito aniversário esta semana, por isso resolvemos vir visitá-la.

As crianças cantaram "Parabéns pra você" e cantaram muitos corinhos que haviam aprendido na Escola Dominical.

Depois dos cânticos, D. Marta abriu sua Bíblia, leu João 3:16 e explicou para Rute:

-- Talvez você não saiba, Rute, mas você tem um amigo que a quer muito. Ele a ama sinceramente. Esse amigo morreu na cruz para salvá-la. Ele quer estar com você para sempre. O seu nome é Jesus.

As crianças cantaram o corinho "Eu tenho um amigo que me ama". Depois deram flores e presentes a Rute. Como Rute estava contente! Sua casa estava cheia de crianças e ela agora sabe que tem um amigo no céu.

(Edith de A. Lima e Delcinalva de S. Lima)